conheca-as-5-areas-de-foco-de-uma-boa-governanca-de-ti

Conheça As 5 Áreas De Foco De Uma Boa Governança De Ti

Conheça As 5 Áreas De Foco De Uma Boa Governança De Ti

Fundamentalmente, a governança de TI está preocupada com duas coisas: a entrega de TI de valor para o negócio e a mitigação de riscos de TI. A primeira é impulsionada pelo alinhamento estratégico da TI ao negócio, já a segunda é motivada pela incorporação de responsabilidade na empresa.

Ambas precisam ser medidas adequadamente. Isso leva às 5 áreas principais de foco para a governança de TI, todas orientadas pelo valor das partes interessadas. Neste artigo, vamos falar um pouco sobre cada uma delas.

1. ALINHAMENTO ESTRATÉGICO

Para ser eficaz em permitir e apoiar a execução das operações para alcançar objetivos, a estratégia de negócios deve impulsionar a estratégia de TI. Sendo assim, a estratégia de negócios e de TI estão intrinsecamente ligadas. A eficiência, eficácia e crescimento da organização dependem do alinhamento adequado das duas.

Alguns dos métodos mais eficazes para alcançar esse alinhamento são a implementação adequada de uma metodologia de arquitetura corporativa e gerenciamento de portfólio.

2. ENTREGA DE VALOR

Uma estrutura de governança de TI articula os direitos de decisão com relação aos investimentos em TI, para garantir que eles entreguem o máximo valor comercial a um nível aceitável de risco.

Para fazer isso, você deve ser capaz de medir o valor do negócio e também gerenciar e comunicar entrega de valor. A entrega de valor de TI faz parte da governança de TI — ela responde às seguintes perguntas: “estamos fazendo as coisas certas?” e “estamos recebendo os benefícios?”.

Com base no COBIT, o IT Governance Institute publicou a Val IT como uma estrutura para a governança de investimentos em TI. As organizações que lutam para executar estratégias de TI que fornecem valor de negócios e comunicar esse valor às partes interessadas devem avaliar a Val IT como uma ferramenta para melhorar a entrega de valor.

3. GESTÃO DE RISCOS

Num mundo digital cada vez mais interconectado, a identificação, avaliação, mitigação, comunicação e o monitoramento de riscos de negócios relacionados à TI são parte integrante das atividades de governança das empresas.

Embora as atividades e os recursos para a gestão de risco de TI mudem com base no tamanho e maturidade da organização na qual eles operam, é importante que seja realizado o desenvolvimento de um quadro de risco que pode demonstrar boa governança aos acionistas e clientes, de uma maneira repetível e eficaz.

Alguns componentes importantes desse foco incluem o planejamento de continuidade de negócios, alinhamento aos requisitos legais e regulamentares relevantes, e o desenvolvimento de uma metodologia de demanda de riscos e tolerância usada para auxiliar nas decisões.

4. GERENCIAMENTO DE RECURSOS

Para ser eficaz, a TI precisa de recursos suficientes, competentes e capazes (pessoas, informações, infraestrutura e aplicativos) para atender às demandas dos negócios e executar as atividades necessárias para atender aos objetivos estratégicos.

Isso requer foco na identificação dos métodos mais apropriados para a aquisição e gestão de recursos, monitoramento de fornecedores externos, gerenciamento de nível de serviço, gerenciamento de conhecimento, e programas de treinamento e desenvolvimento de pessoal. Uma boa sugestão é o PyraCloud da SoftwareOne.

5. MENSURAÇÃO DE DESEMPENHO

Nesta área de foco, é avaliada a implementação da estratégia, a realização dos projetos, e a aplicação dos recursos. Em resumo, o desempenho e os resultados de todas as outras áreas, não se restringindo aos critérios financeiros. Aqui são aplicadas metodologias como os balanced scorecards, que convertem as estratégias em ações visando objetivos.

A governança de TI busca direcionar as ações de TI na organização de forma controlada. Tal controle é obtido através de indicadores de desempenho. Medições realizadas em todos os níveis são relevantes enquanto tiverem valor para o direcionamento estratégico.

Gostou do nosso artigo? Deixe um comentário e compartilhe a sua opinião conosco!

Isso leva às 5 áreas principais de foco para a governança de TI, todas orientadas pelo valor das partes interessadas.

Comente esse artigo

Deixe seu comentário para sabermos o que você achou desse assunto.

Deixe um comentário

Autores

Equipe de Redação

IT Trends and industry-relevant novelties

Artigos relacionados

SAM e Shadow IT na nuvem

As pessoas se acostumaram em ter a tecnologia disponível de forma instantânea. Quando um problema surge, as pessoas procuram por uma solução seja criada. Normalmente, quando isso ocorre dentro de uma empresa, os colaboradores recorrem ao…

custos invisiveis

Implementando um plano de gestão de ativos de software (SAM)

Se seu negócio passasse por uma auditoria de software amanhã, você estaria pronto? Isto significa conhecer cada aplicação de software que tenha sido comprada e implantada em sua toda sua empresa, centro de dados, nuvem e dispositivos móveis.

slm diagnostic

Gestão de Software - The Diagnostic

Neste post vamos te mostrar como a nossa solução The Diagnostic permite gerar valor em propriedade de software, além de reduzir custos desnecessários com investimentos em tecnologias existentes