afinal-o-que-e-software-pirata

Afinal, O Que É Software Pirata? Entenda!

Afinal, O Que É Software Pirata? Entenda!

São os softwares, ou programas, que tornam o computador tão útil à maioria de nós. Eles nos permitem realizar as mais variadas tarefas, desde as mais simples como escrever e formatar um texto às mais avançadas, como gestão e controle de clientes e funcionários, por exemplo.

Ao adquirir um software pirata, você está, além de cometendo um crime, por ferir a lei de direitos autorais, desestimulando as empresas que os criam a seguir com o desenvolvimento e atualização deles. Só no Brasil, o mercado de software licenciados movimenta cerca de 6,4 bilhões de reais e gera muitos empregos. Se não existissem os “não-licenciados” esse índice seria o dobro, segundo a BSA.

Mas, sem retorno financeiro, realmente não há porque as empresas continuarem a investir em novas soluções que facilitam nosso dia a dia. Criar um software é  tarefa de alta complexidade, que exige conhecimento técnico e muito investimento. Por isso, as empresas os disponibilizam por meio de licenças, nas quais o usuário não se torna proprietário do programa, apenas recebe uma permissão para uso.

MAS, O QUE EXATAMENTE É UM SOFTWARE PIRATA?

A pirataria aparece de várias formas, não é apenas aquele CD de instalação de procedência duvidosa encontrado em feiras e lojas de baixa qualidade. Confira alguns métodos comuns de pirataria:

Duplicação de usuário licenciado para usuários não licenciados

É ilegal fazer cópias de um software com licença individual para outra pessoa, mesmo que gratuitamente.. Se estiver vendendo cópia do programa, pior ainda.

Se uma empresa informar um número de computadores utilizando software inferior ao verdadeiro, está cometendo crime. Muitos programas são comercializados para utilização em redes locais, e o manual prevê um número de usuários permitidos, constitui violação de Direito Autoral não cumprir essa regra.

Copiar fontes, imagens internas e outros pedaços de softwares também é crime. A obra inteira é propriedade da empresa que a criou.

Distribuição ilegal pela Internet

Somente compre software nos sites das empresas que o produzem ou em revendedores autorizados pela marca. Atualmente, há muita gente vendendo “gato por lebre” na internet. Se o preço parecer bom demais para ser verdade, provavelmente é um software pirata.

Distribuição de versões educacionais especializadas em mercados não autorizados

Algumas empresas criam versões especiais de seus programas somente para atender às necessidades do mercado de educação. Pense em uma escola de design, por exemplo, elas não poderiam existir se as empresas não oferecessem a ela uma alternativa mais em conta para comprar a quantidade necessária de software.

Se você utilizar a versão educacional de um programa fora do contexto educativo, para fins pessoais ou comerciais, você está pirateando o software.

Quais malefícios os softwares piratas trazem?

Além da questão ética, é claro, utilizar software pirata não é recomendável para a saúde do seu ambiente de TI, ou seja, podem danificar seus computadores. Veja alguns problemas comuns com a utilização de programas ilegais.

INEFICIÊNCIA DO PROGRAMA

Não existe garantia de que o software seja seguro ou de que funcione corretamente depois de instalado. Há casos também em que o software pirata vêm com recursos incompletos. Os recursos corretos não abrem, só é possível salvar os documentos em determinados formatos limitados, entre outros prejuízos.

FALTA DE SUPORTE TÉCNICO

Quem compra software pirata não tem direito a suporte técnico. Se tiver um problema com o programa irregular, você terá que resolver sozinho. As atualizações do produtos também não serão oferecidas a você, que ficará desatualizado em comparação a quem tem o software original instalado.

VÍRUS

Os programas de software piratas podem conter vírus que causam danos aos computadores e à toda a rede. Normalmente, o processo de pirataria acarreta na perda de dados e há até relatos de computadores que tiveram perda total tanto de dados quanto de funcionalidades mesmo após serem infectados.

RISCOS LEGAIS E MULTAS 

O uso irregular das licenças de software pode resultar em penalidades financeiras e custos processuais não somente para empresas mas também fornecedores de serviços, como os freelancers. No Brasil, a Lei 9609/98 (Lei do Software) e a Lei 9610/98 preveem duras penas e multas indenizatórias que chegam a 3000 vezes ao valor da licença original. As auditorias de software são realizadas todo o tempo e existe uma rede de denúncias sobre software pirata.

Se interessou pelo assunto licenciamento de software?

São os softwares, ou programas, que tornam o computador tão útil à ... Ao adquirir um software pirata, você está, além de cometendo um crime

Se interessou sobre como estar compliance com as suas licenças?

 Saiba como fazer uma gestão eficiente do seu software 

Clique aqui
  • Pirataria, software

Comente esse artigo

Deixe seu comentário para sabermos o que você achou desse assunto.

Deixe um comentário

Autores

Equipe de Redação

IT Trends and industry-relevant novelties

Artigos relacionados

  • 22 outubro 2020
  • Equipe de Redação
  • Nuvem Gerenciada
  • Nuvem, Estratégia em nuvem, ROI, investimento

A nuvem deve fazer parte do cotidiano de sua empresas

O mercado de nuvem na América Latina vale quase 4 bilhões de dólares segundo estudo do IDC. Se a nuvem já é realidade para grande maioria dos negócios, então qual é o próximo passo para a transformação digital?

  • 20 outubro 2020
  • Mercado de TI, Transformacao Digital
  • Nuvem, Modernização da nuvem, Modernização do local de trabalho

5 vantagens da investir na modernização de suas aplicações

Conheça 5 razões de porque a sua empresa deve modernizar suas aplicações em nuvem

  • 19 outubro 2020
  • Transformacao Digital, Mercado de TI
  • Modernização do local de trabalho, Produtividade, Modernização

Modernização de aplicações: um diferencial competitivo

Os sistemas legados do seu negócio pode deixar o seu negócio em desvantagem em relação aos seus concorrentes. Saiba mais sobre estratégias de modernização de aplicações e suas vantagens!