why-penetration-testing-teaser

Prevenção de ataques cibernéticos

Usando o pentest

Como Prevenir Ataques Cibernéticos Através do Pentest

Ataques cibernéticos estão se tornando cada vez mais sofisticados, aumentando o número de desafios de prevenção, detecção e mitigação. Uma estratégia de segurança abrangente é vital para qualquer negócio que espera manter seus dados protegidos enquanto permanece competitiva no mercado.

Para verificar se os sistemas e dados estão seguros, os profissionais de cibersegurança costumam executar varreduras de vulnerabilidade e pentests. No passado, o teste manual era trabalhoso e caro e só podia ser realizado periodicamente. Hoje, ele permite testes mais rápidos, baratos e frequentes, mantendo organizações de todos os tamanhos mais seguras contra ataques.

Este blog irá cobrir a importância do pentest baseado em ferramentas, as vantagens quando comparado ao teste manual e como escolher o tipo certo para sua empresa.

O que é pentest?

O pentest envolve a simulação de um ataque cibernético contra um sistema de computador, aplicativo ou rede para encontrar vulnerabilidades. Embora grande parte da cibersegurança consista em adotar as medidas preventivas corretas e executar varreduras regulares, esse tipo de teste é particularmente eficaz na identificação de quaisquer falhas que possam ter passado por despercebido. Como tal, o pentest é uma parte crucial de uma estratégia de segurança cibernética.

Muitos regulamentos das organizações exigem que pentests sejam realizados regularmente. Por exemplo, muitas vezes é obrigatório nas indústrias de serviços, saúde, bancos e setores do governo. Ele é necessário por um bom motivo, pois pode ajudar a prevenir violações de dados catastróficas e caras. Seja ou não obrigatório para o seu setor, geralmente é recomendado para uma estratégia de segurança completa.

Por que o pentest é importante e o que deve ser testado?

Imagine construir uma forte parede de tijolos para se defender contra ataques. Suponha que uma pequena parte dessa parede seja frágil porque o construtor não conseguiu misturar o cimento corretamente. Uma inspeção visual da parede não revelaria esta falha. Na verdade, a parede ainda pode funcionar muito bem e o ponto fraco pode passar despercebido por um longo tempo.

O pentest impede que algém descubra esse ponto fraco. Esse teste simularia uma invasão por essa parede, levando à descoberta oportuna do ponto fraco existente. A parede pode ser reparada e reforçada antes de qualquer invasão, assim como seu sistema de segurança cibernética.

Mesmo com as melhores medidas de segurança preventiva em vigor, é possível que seu negócio possua vulnerabilidades. Podendo ser ocasionadas por falhas de design de software ou hardware, problemas com a configuração do sistema, mau gerenciamento da senha ou um simples erro humano. Os indivíduos envolvidos na construção de um sistema de computador ou rede podem ter as melhores intenções, mas basta um ponto fraco para um hacker entrar.

O pentest deve ser feito regularmente e incluir o teste de todos os softwares e aplicativos, incluindo sistemas operacionais, hardware, rede, processos e até mesmo o comportamento do usuário final. Por exemplo, a pessoa que realizar o pentest pode enviar e-mails de phishing falsos para ver se algum colaborador está vulnerável a este tipo de ataque.

Vantagens do Pentest automatizado em comparação com o Pentest Manual

O pentest manual apareceu pela primeira vez no final da década de 1990. As empresas contratavam especialistas em segurança e pessoas com experiência em hacks para tentar violar seus sistemas e identificar vulnerabilidades. Mas o pentest manual pode ser desafiador e demorado.

Ao longo dos anos, os pentester começaram a automatizar alguns processos para aumentar a eficiência. No entanto, os processos automatizados não tendem a vir com a mesma criatividade e capacidade de pensamento original de uma pessoa. Grande parte do cenário de pentests consistia em testes híbridos - processos automatizados eram ferramentas utilizadas em última instância por um pentester especialista.

No entanto, a tecnologia passou por avanços consideráveis ao longo dos anos e agora, o software de pentest automatizado moderno pode efetivamente fazer uma grande parte do trabalho que exigia pessoas.  Além disso, o pentest automatizado inclui os seguintes benefícios:

  • Economia de tempo: Os pentests automatizados terminam muito mais rápido do que os testes manuais. Quando concluído, um relatório é gerado automaticamente para que uma empresa possa agir imediatamente. Os testes manuais podem levar dias para serem concluídos e ainda mais tempo para produzir um relatório.
  • Economia de custos: Já que você está pagando por um serviço, o teste automatizado pode ser econômico, porque utiliza um software, ao invés de uma equipe.
  • Frequência do teste: Por causa do tempo e despesas, o pentest manual é realizado com uma frequência menor. Por outro lado, os pentests automatizados podem ser realizados semanalmente ou ainda com mais frequência, pois é apenas uma questão de executar o software. 
  • Ponto de entrada: Os pentesters manuais geralmente entram em um sistema a partir de um único ponto de acesso enquanto realizam o teste. A automação torna possível executar o mesmo teste de penetração a partir de vários pontos de entrada, identificando potencialmente vulnerabilidades que uma pessoa não encontraria.

A velocidade de desenvolvimento de aplicativos e modificação do sistema pelas empresas no mundo de hoje torna o pentest automatizado crucial. O teste manual pode identificar apenas problemas que existiam no momento do teste, enquanto o teste automatizado permite o teste contínuo que pode encontrar vulnerabilidades à medida que aparecem.

Como escolher o pentest correto

Existem muitos tipos diferentes de pentests, dependendo de suas necessidades. Eles se enquadram nas seguintes categorias:

  • Rede: Este é o pentest mais comum, e avalia a infraestrutura de rede, incluindo teste de configuração de firewall, IPS, ataques de nível DNS e teste de software.  
  • Aplicativo da Web: Esses testes são direcionados a aplicativos específicos, como navegadores, miniaplicativos e plug-ins.
  • Lado do cliente: Os testes realizados no lado do cliente procuram explorações em software de terceiros ou de código aberto utilizado pelo seu negócio.
  • Sem fio: Um pentest de rede sem fio busca vulnerabilidades em protocolos de configuração sem fio ou direitos de acesso que podem ser explorados por qualquer dispositivo - tablets, laptops, smartphones, etc - que pode se conectar sem fio.
  • Engenharia social: Este tipo de teste inclui testar os seus colaboradores e pode incluir a simulação de ataques de phishing.

O tipo de teste a ser realizado depende de seus objetivos. Você deve realizar testes de rede regularmente e realizar testes adicionais de aplicativos da web, do lado do cliente e sem fio, conforme necessário, principalmente se houver mudanças recentes. O teste de engenharia social é excelente para educar os colaboradores sobre os protocolos de segurança. Seguindo o caminho do pentest automatizado, você pode realizar testes com mais frequência.

Considerações finais

O pentest é uma parte vital de qualquer estratégia de segurança cibernética. Componentes adicionais, como avaliações de vulnerabilidade e risco, firewalls, antivírus, segurança de workloads em nuvem e monitoramento ativo também contribuem para a segurança de seu negócio. Se você está procurando maneiras melhores de proteger os dados críticos da sua empresa contra ameaças, a SoftwareONE oferece serviços gerenciados de segurança para ajudá-lo a atingir seus objetivos.

Vá além do pentest

Nossos especialistas prepararam um eBook para te ajudar a construir uma estratégia de cibersegurança completa

Faça o download
  • Segurança Gerenciada

Comente esse artigo

Deixe seu comentário para sabermos o que você achou desse assunto.

Deixe um comentário

Autores

Bala Sathunathan

Bala Sethunathan

Director, Security Practice & CISO

Cybersecurity

Artigos relacionados

creating-a-cybersecurity-program
  • 22 março 2021
  • Bala Sethunathan
  • Segurança Gerenciada

5 passos para segurança - Conscientize seus colaboradores sobre segurança cibernética

Os cibercriminosos procuram por vulnerabilidades além da sua infraestrutura - seus colaboradores podem ser um alvo. Entenda como a conscientização do seu time pode detê-los

Know These Cybersecurity Threats
  • 11 março 2021
  • Bala Sethunathan
  • Segurança Gerenciada, Backup Gerenciado
  • Ransomware, Internet, segurança

Conheça essas ameaças à cibersegurança

Não seja pego desprevenido - os ataques cibernéticos estão se tornando cada vez mais comuns. Conheça algumas ameaças importantes da cibersegurança

How to Cut Security Risks for Remote Workers
  • 28 outubro 2020
  • Bala Sethunathan
  • Segurança Gerenciada, Segurança cibernética
  • Trabalho remoto, Trabalho em casa

Como reduzir riscos de segurança para trabalhadores remotos

Com o grande número de novos funcionários remotos, manter a segurança em casa se tornou uma grande preocupação para as organizações. Preparamos este post para abordar maneiras de reduzir os riscos de segurança