Modernização de aplicações

um diferencial competitivo

Modernização de aplicações: um diferencial competitivo

Você já se perguntou por que as iniciativas de tecnologia não avançam tão rápido quanto as necessidades de negócios? Uma simples estatística justifica: em 2020, o mercado de aplicativos deve ter um legado estimado entre 7 a 10 bilhões de dólares enquanto a modernização continuará crescendo em ritmo alucinante para 20 bilhões até 2023. Só em .Net e Java, devem ser modernizados perto de 9,3 milhões de aplicativos, uma enorme diferença.

As empresas de pequeno e médio porte (SMB) se encontram em um grupo de risco. Existem quatro pontos críticos que esses negócios precisam ficar atentos para continuarem competitivos: infraestrutura, aplicativos, dados e vendas. Um grande obstáculo para manter um negócio up & running ocorre quando a modernização de aplicativos perde sua capacidade de garantir uma entrega contínua de experiências positivas ao usuário final. Quando esse processo é bem estruturado, ele mitiga o risco de perda de suporte de ambientes legados, mudanças são rapidamente implementadas, os custos operacionais são reduzidos e os sistemas operam da maneira adequada.

Para eliminar o débito técnico e superar os desafios que atrapalham o crescimento do seu negócio é essencial modernizar ou otimizar as suas aplicações.

 

Quais são os principais desafios das aplicações legado?

De acordo com a Gartner (Source: Application Modernization Should Be Business-Centric, Continuous and Multiplatform, 15 August 2019), 40% do orçamento de TI será consumido para pagar o débito técnico. O futuro dos departamentos de Tecnologia da Informação devem ser classificados como fonte de inovação, e não apenas como um centro de operação e capacitação. Portanto, o nosso desafio é conseguir reduzir os custos, aumentar a flexibilidade, a qualidade e a agilidade no lançamento ou atualização de novas aplicações.

Quando analisamos dessa maneira, fica claro que é importante eliminar o débito técnico da camada de aplicações através da modernização ou otimização desses aplicativos. A manutenção dessas aplicações legado (que utilizam arquiteturas ou linguagens antigas) tendem a ficar cada vez mais caras e difíceis de se manter, além de possuírem impactos diretos na produtividade e efetividade da empresa.

 

Manutenção da aplicação

Quão aberta é a sua área de TI a solicitações de negócios que envolvem a alteração de aplicativos?

Muitas empresas, quando surge uma ideia disruptiva ou uma necessidade de mudança no processo para aproveitar uma oportunidade de negócio, os colaboradores se deparam com inúmeros desafios, como processos engessados e longas filas de solicitações ao departamento de TI e compras. E ao tentarem seguir com as ferramentas disponíveis se deparam com aplicações ultrapassadas e que não atendem os desafios atuais. Estes problemas se agravam quando se torna um projeto com datas e prazos estabelecidos.

Essa lista de problemas poderia ser evitada se todas as aplicações da sua empresa estivessem em dia com a sua manutenção, ou fossem substituídas por versões mais modernas, no momento que começaram a se tornar obsoletas.

 

Desacelerar o crescimento do negócio

Quando os negócios começam a crescer, o número de transações aumenta tanto quanto o número de registros nos bancos de dados, portanto o tempo de resposta deve ser ágil e funcionar na mesma velocidade que a sua demanda. Isso acontece na prática?

É fácil apontar quando você tem picos de processamento ou realmente precisa de uma grande infraestrutura o tempo todo. A verdade é que  muitas vezes ela é subutilizada e em determinados momentos sua capacidade não é suficiente. O ideal é ter uma plataforma que se adapte as necessidades elásticas do seu negócio.

 

Manutenção do código

Conforme o tempo passa e as atualizações vão trazendo novas funcionalidades, é normal que o código comece a ficar bagunçado. Muitas vezes, os times de desenvolvimento acabam mudando e os projetos acabam sofrendo com essa variação, dificultando ainda mais o entendimento do código e sua estruturação. Quanto mais antigo um sistema, mais antigo seu desenvolvimento e mais difícil a sua manutenção. Para sistemas que devem ser atualizados conforme mudanças nas leis e regulamentações, esse é um cenário caótico.

 

Falta de testes

Outro problema muito comum dentre os sistemas legados é a falta de uma estrutura para a realização de testes. Nas aplicações atuais, é muito comum ter uma parte direcionada apenas para testes, que orientarão qualquer pequena, ou grande alteração. 

Rastrear um erro, que aconteceu em uma aplicação por falta de teste é um processo lento e difícil. Muitas vezes, mesmo encontrando a falha, nem sempre conseguimos rastrear todos os seus danos, diminuindo a produtividade do time.

 

Defasagem tecnológica

Na construção de um sistema, é comum a utilização de bibliotecas, modelos de plugin e outras tecnologias que podem ter sido descontinuadas pelo fabricante, ou seja, não existe mais suporte. Algo desse tipo pode ocorrer até mesmo com as linguagens de programação utilizadas em um sistema, que deixam de ser atualizadas e acabam perdendo espaço no mercado. Com isso, não enfrentamos apenas dificuldade no desenvolvimento de novas funcionalidades, mas também para encontrar mão de obra qualificada.

 

Desempenho

Sistemas legados foram construídos em cima de uma arquitetura computacional ultrapassada, ou seja, mesmo que o código tenha sido muito bem escrito, haverá dificuldades de obter todo o poder computacional, que se adapte as necessidades atuais. Para sistemas que utilizam um grande processamento, esse dificuldade afeta diretamente o seu desempenho, tornando essas aplicações muito mais lentas.

 

 

Falta de mão de obra qualificada

Por fim, outra grande dificuldade de lidar com sistemas legados é a própria falta de mão de obra especializada para essas tecnologias aplicadas. Como esses profissionais são mais raros, acaba que sua contratação é bem mais cara do que a mão de obra comum, que trabalha com as tecnologias atuais, encarecendo a manutenção das aplicações legadas.

 

Quais são os principais benefícios do app modernization?

Implementar uma estratégia de modernização de aplicações nada mais é que reconstruir o sistema legado com as tecnologias atuais. Mesmo que isso possa parecer muito trabalho e exigir um grande investimento, essa prática pode gerar uma série de vantagens.

 

Redução de custos operacionais

É uma preocupação constante dentro de qualquer organização o controle das despesas, e quando falamos em produtos de software legados tratamos de uma bomba relógio, pois seus custos aumentam todo ano. Ao modernizar suas aplicações, reduzimos ao máximo nossos custos operacionais com software, já que a manutenção e desenvolvimento de novas funcionalidade se torna algo muito mais barato.

 

Aumento da eficiência

Para se tornarem competitivas, as empresas precisam auferir um bom EBITDA, permitindo assim o reinvestimento em mais tecnologia e modernização. Um sistema mais ágil e moderno influencia o EBTIDA, evitando erros e permitindo uma correção de todos os gargalos produtivos. O custo de manutenção é menor, melhorando assim a utilização dos recursos financeiros da organização.

 

 

Modernização das empresas como um todo

Muitas organizações não conseguem crescer pois são limitadas pelos sistemas legados que ainda utilizam em suas atividades. Como toda a tecnologia nova, ela pode ser integrada, permitindo a troca de informações entre sistemas, gerando agilidade, automatização de processos e maior produtividade para toda a organização. Sendo assim, é possível contratar novas tecnologias e ferramentas, mais modernas, que auxiliem na realização das atividades do negócio.

 

Melhores oportunidades no mercado

Ao contar com um sistema moderno, existem muito mais oportunidades de mercado, já que sua empresa deixa de ficar amarrada a tecnologias antigas e pode focar em seu crescimento. Ou seja, determinados pontos que antes pareciam não ser alcançáveis se tornam apenas mais uma etapa de desenvolvimento. Todas as novas ferramentas existentes podem ser utilizadas em conjunto com suas aplicações modernizadas.

 

Adoção de estratégia de DevSecOps

A modernização das aplicações garante uma mudança de cultura geral, e isso influencia muito na manutenção das aplicações. Implementar DevSecOps passa a ser um passo essencial para potencializar todos os benefícios e reduzir todos os desafios. Ao implementar um ciclo de DevSecOps, você consegue garantir ciclos mais curtos, inovação mais rápida, maior automatização, menores riscos, correção rápida de falhas e reversões, melhor colaboração e comunicação, maior eficiência e custos reduzidos.

 

A modernização que faz a diferença

Qual seria um bom momento para uma empresa pensar na modernização do seu legado de sistemas? Seja com a execução em máquinas virtuais on premises ou na nuvem, estes são alguns importantes questionamentos a fazer para um negócio que quer não perder a sua competitividade:

  1. Estou tendo problemas com o desempenho de aplicativos ou integrações?
  2. Procuro otimização de custos de TI?
  3. Uso, ou desejo usar o Cloud Computing como estratégia de negócios?
  4. Desejo adicionar ou explorar tecnologias novas ou emergentes?
  5. Penso na transformação do negócio ou em um novo modelo de negócio digital?

Esses questionamentos podem ajudar você a decidir se o seu negócio precisa investir na modernização de suas aplicações.

 

Como a SoftwareONE pode ajudar nesse processo?

O portfólio de aplicativos modernos da SoftwareONE ajuda os seus clientes a atingir o modelo de negócio digital que eles almejam.

Podemos construir aplicativos de multiexperiência nativos da nuvem para atingir a transformação digital em seu negócio.

O objetivo deste Serviço de Consultoria é definir e projetar a abordagem recomendada para modernizar os aplicativos usando tecnologias em nuvem. O Application Modernization Advisory ajuda o cliente a definir uma arquitetura de nuvem de destino, um padrão a seguir (re-plataforma ou reformulação) e uma ativação de práticas de DevOps de destino.

  • Re-plataforma - fazer alterações na configuração do aplicativo para que ele possa ser executado em PaaS (plataforma como serviço), para habilitar resiliência, escalabilidade, segurança e otimização de custos;
  • Refatorar - alterar o código-fonte do aplicativo para aproveitar ao máximo cada serviço em nuvem e alcançar uma otimização de custos muito maior.

Para conseguir construir esse modelo, nós trabalhamos próximos aos nossos clientes para realizar as seguintes etapas:

  • Análise do portfólio de aplicações;
  • Priorização das aplicações;
  • Descobrimento das aplicações;
  • Análise Estratégica;
  • Definição de Arquitetura Moderna;
  • Construção de Business Case;
  • Estratégia de DevOps.

Cada uma dessas etapas é realizada considerando dois fatores principais, a condição técnica da aplicação e principalmente o valor de negócio. Com base nisso, construímos um roadmap de otimização ou modernização que atenda as demandas das empresas.

Em todos os casos, nossa equipe está pronta para auxiliar o seu time durante toda essa jornada, alcançando a modernização de suas aplicações com o mínimo de impacto possível, gerando todos os benefícios que ela traz. A modernização e aplicações é uma prática que pode melhorar muito a eficiência e a competitividade de sua empresa, aumentando a produtividade como um todo.

Tudo que você precisa saber sobre App Modernization!

Preparamos um guia completo para falar sobre a modernização de aplicações.

Baixe aqui!
  • Transformacao Digital, Mercado de TI
  • Modernização do local de trabalho, Produtividade, Modernização

Comente esse artigo

Deixe seu comentário para sabermos o que você achou desse assunto.

Deixe um comentário

Autores

Cleyton Leal

Atuo como especialista de aplicações corporativas com o foco na América Latina Implementando, suportando e gerenciando novas demandas, projetos, processos sistêmicos e suas aplicações.

Artigos relacionados

  • 11 novembro 2020
  • Paulo Camargo
  • Mercado de TI
  • Licenciamento

Investimento em software: Como otimizar os custos em Oracle?

Quer reduzir custos no investimento em software? Confira o impacto das soluções Oracle no seu orçamento e aprenda a lidar com esses recursos tão essenciais para sua empresa!

  • 27 outubro 2020
  • Vinicius Nascimento
  • Mercado de TI
  • lei, LGPD

Confira 5 aspectos sobre a LGPD que você precisa conhecer!

Perdido para entender o que muda com a LGPD? Confira os principais pontos que o seu negócio precisa saber neste post!

  • 20 outubro 2020
  • Mercado de TI, Transformacao Digital
  • Nuvem, Modernização da nuvem, Modernização do local de trabalho

5 vantagens da investir na modernização de suas aplicações

Conheça 5 razões de porque a sua empresa deve modernizar suas aplicações em nuvem