S/4Hana

S/4Hana

Migração de sistemas: como fazer?

Migração de sistemas: como fazer?

  • 13 maio 2022

Uma das melhores formas de manter um negócio competitivo é por meio da agilidade dos seus processos. Se eles já são ágeis e eficientes, isso nunca será suficiente, considerando que os concorrentes estarão sempre buscando se diferenciar nesse sentido. Apesar de o SAP ECC (ERP Central Component) ser uma solução ERP robusta, algumas demandas empresariais não são devidamente atendidas.

Pensando nisso, surgiu uma atualização, chamada de S4/HANA. Esta terá suporte até 2040, enquanto que a ECC terá o seu suporte expirado em 2027. Para falar melhor sobre a migração, entrevistamos Jairo Pedroza, SAP Technology and Sales Director Brazil, formado em Tecnologia da Informação e especializado em serviços de alta performance na SAP Waldorf. Boa leitura! 

 1. Quais são as mudanças que ocorreram na prática do SAP ECC para o S4/HANA?

Segundo Jairo, a principal mudança de uma solução para outra está no fato de que o S4/HANA resolve certas limitações do ECC. Ele cita, por exemplo, que o software tem uma interface mais amigável com o usuário final, bem como uma promessa de desempenho acima das expectativas. Jairo destaca ainda a integração do S4/HANA com ferramentas de Business Intelligence, visando a extração de relatórios de forma simplificada. 

Em relação às mudanças técnicas, Jairo menciona o sistema operacional, que até o momento está limitado a duas distribuições de Linux. Além disso, o entrevistado destaca o banco de dados in-memory, capaz de fazer consultas em menos tempo. Basicamente, um banco de dados in-memory permite uma leitura mais rápida dos registros, visto que isso é feito na memória, em vez do disco rígido. Este geralmente é mais lento, em comparação à memória RAM.

2. Por que essas mudanças ocorreram?

Jairo afirma que as mudanças ocorreram visando acompanhar a evolução tecnológica. Ele ainda completa falando sobre o dinamismo de cada segmento de mercado ou indústria, sendo fundamental o acesso em tempo real dos dados do negócio.

Como exemplo, ele cita a coleta de dados por dispositivos de Internet das Coisas, bem como a comunicação via redes 5G. No entanto, Jairo ressalta também um ponto negativo dessa mudança: o baixo nível técnico dos profissionais. Em outras palavras, algumas pessoas têm dificuldade em acompanhar esse ritmo do mercado, gerando escassez de profissionais qualificados.

3. Quais são os impactos que a mudança pode gerar?

Para Jairo, além da interface mais amigável, um impacto importante do S4/HANA está na mudança nos processos do cliente. Sobre o banco de dados, o entrevistado ressalta a necessidade de recursos computacionais mais caros. Isto, somado à falta de qualificação profissional, em sua visão, podem dificultar a percepção em relação aos benefícios do S4/HANA.

4. Por que é importante a sua empresa estar preparada para essas mudanças? O que é preciso fazer?

De acordo com o entrevistado, “O dado coletado necessita de inteligência para ser apresentado de modo que agregue valor”. Jairo acredita que isso está diretamente relacionado com a velocidade do processo, desde a coleta até a forma como o dado será apresentado.

O que as empresas precisam, em sua visão, é compilar todas as informações em um dashboard consolidado. Na prática, as vendas e compras, por exemplo, precisam ser monitoradas de perto, por meio dos indicadores de performance.

Jairo destaca ainda que as companhias reativas perderão competitividade ao longo do tempo. Em outras palavras, apenas reagir aos acontecimentos do mercado não é suficiente — deve-se ir além, usando os dados e relatórios de forma preditiva, se antecipando às tendências, tanto do mercado como dos consumidores. 

5. Como a mudança trouxe tecnologias inteligentes para o software?

“A cada nova versão, a SAP traz novidades em suas soluções, como as boas práticas experimentadas e consolidadas no mercado, com objetivo de prover soluções de rápida implementação com alto nível de qualidade”, de acordo com Jairo.

Nesse sentido, o entrevistado destaca ainda o potencial de integração do S4/HANA, visto que outras tecnologias podem se conectar ao sistema, extraindo dados com um grau de agilidade maior do que o SAP ECC.

6. De que forma o novo banco e modelo de dados traz benefícios?

Sobre o banco de dados in-memory do S4/HANA, Jairo entende que o seu benefício está atrelado ao fato dele ser colunar. A implicação prática disso é que o banco ocupa menos espaço, mas pode processar um volume maior de informação.

O entrevistado completa enfatizando a maior facilidade do banco em extrair dados de sistemas satélites do S4/HANA, fazendo com que essas aplicações adjacentes se beneficiem da agilidade e desempenho da informação compilada.

7. Como a forma de implementação faz parte da mudança? Como ela foi beneficiada?

Sobre esta pergunta, Jairo deixa bem clara a importância do desprendimento por parte dos gestores. Isso significa que, em alguns cenários, mesmo a empresa tendo um processo bem desenhado, aceitar a mudança e migrar para uma nova solução evita a perda de competitividade no futuro.

O entrevistado completa fazendo a seguinte colocação: “A migração do SAP ECC para o S4/HANA, em alguns casos, está mais para uma implementação do que migração. Aderir ao que se tem de novo em processos pode facilitar essa transição”.

8. Quais outros benefícios podem ser apontados?

Jairo destaca um benefício pouco explorado com a migração. Para ele, ter um SAP em nuvem implica em uma transformação digital mais abrangente, considerando uma infraestrutura de TI robusta e bem desenhada, bem como os aspectos de segurança de dados. Ele finaliza dizendo que há certos provedores na cloud homologados para suportar soluções SAP e suas particularidades.

9. Por que contar com um parceiro é importante nessa mudança?

Na visão do entrevistado, um parceiro será uma espécie de guia experiente, que já deu suporte a vários clientes, com necessidades e demandas diferentes. Um parceiro, segundo ele, torna o processo mais seguro, dando orientações capazes de tornar cada vez melhor a experiência dos clientes nessa jornada.

10. Quais são os diferenciais e benefícios de contar com a SoftwareONE?

Além de ter arquitetos com mais de 15 anos de experiência com SAP, Jairo ressalta que os profissionais são certificados em provedores de nuvem homologados pela SAP.

Para o entrevistado, contar com a SoftwareONE é tomar a melhor decisão na implementação do S4/HANA, sendo que a empresa auxilia também depois da migração. Jairo finaliza destacando que a SoftwareONE apoia os seus clientes de ponta-a-ponta. 

Como vimos, a migração do SAP ECC para o S4/HANA traz maior agilidade aos processos e competitividade ao negócio. Isso é importante para atender algumas demandas empresariais, bem como tornar a companhia apta a lidar com os seus dados de forma preditiva, em vez de reativa.

Quer deixar o seu negócio mais competitivo com o S4/HANA?

De fato, a migração do SAP ECC para o S4/HANNA deixa os seus processos mais ágeis, permitindo análises preditivas do mercado e dos novos padrões de consumo. Para se aprofundar ainda mais, o que acha de conferir um material gratuito sobre a transição das empresas para o futuro?

Faça o download agora!

Comente esse artigo

Deixe seu comentário para sabermos o que você achou desse assunto.

Deixe um comentário

Artigos relacionados

Conheça o melhor do Microsoft 365
  • 13 maio 2022

Microsoft 365 : veja os principais benefícios de usá-lo

Neste artigo, separamos os benefícios e funcionalidades do Microsoft 365. Não deixe de conferir!

Segurança dos Dados e Documentos no Google Workspace
  • 13 maio 2022

Segurança de dados e documentos no Google Workspace: veja como garantir!

A segurança de dados e documentos no Google Workspace é garantida por um conjunto de ferramentas. Leia este artigo e saiba mais!

Gerenciando a Diversidade de Aplicativos em uma Organização Moderna
  • 28 abril 2022
  • application services

Gerenciando a Diversidade de Aplicativos em uma Organização Moderna

Uma única organização pode ter centenas de aplicativos em execução simultaneamente. Saiba mais sobre como gerenciar a diversidade em seus aplicativos.