Armazenamento em nuvem

Cloud Computing e o armazenamento de dados: o que você precisa saber?

Armazenamento em nuvem: O que migrar e qual tipo utilizar?

  • 17 dezembro 2021

Quem é profissional e trabalha com tecnologia da informação sabe que um dos assuntos que está em alta no mercado é a adoção do Cloud Computing. A versatilidade, segurança e eficiência dos servidores em nuvem está fazendo com que muitas empresas coloquem o uso da nuvem como uma de suas prioridades, principalmente quando o assunto é gestão e armazenamento de arquivos e documentos digitais.

O Relatório de Nuvem Híbrida 2021, realizado pela NTT Ltd., companhia global de serviços de tecnologia, aponta que 60% das organizações em todo o mundo já estão usando ou testando a computação em nuvem, e que 32,7% planejam implementar uma solução híbrida nos próximos 12 a 24 meses.

Os dados comprovam que o mercado corporativo está direcionando esforços e investimentos para a computação em nuvem, por isso é cada vez mais importante acompanhar essa tecnologia.

Mas como utilizar o armazenamento em nuvem e quais são os tipos existentes? Confira alguns insights para apoiar o seu negócio na jornada para a nuvem.

O que migrar e por que?

Existem diversos serviços, softwares e sistemas que podem ser migrados para uma infraestrutura que utilize a nuvem, mas neste conteúdo vamos focar na migração de arquivos e documentos e explicar um pouco sobre as vantagens dessa mudança.

Em termos de armazenamento na nuvem, qualquer tipo de arquivo é suportado. Hoje em dia são poucos os serviços que limitam o tamanho ou o formato do arquivo a ser salvo em nuvem.

Além da questão do espaço infinito disponível para armazenamento (que pode ser usado de acordo com a necessidade da empresa), o uso do Cloud Computing também é mais recomendado porque o uso de nuvem elimina a necessidade de investimentos em data centers próprios.

E não podemos deixar de falar da segurança. Há quem acredite que o Cloud Computing não é seguro, mas os provedores de nuvem, empresas que fornecem esse tipo de serviço, investem fortemente em segurança de dados e monitoramento, algo que, muitas vezes, as corporações não possuem verba para aplicar.

Qual tipo utilizar?

A computação em nuvem é bastante abrangente, e cabe às empresas escolherem o formato que mais lhes convém. Veja abaixo:

Infraestrutura como um serviço (IAAS)

Neste modelo, a empresa adquire um serviço de infraestrutura de TI com a opção de contratar um ou mais servidores virtuais. A companhia fornecedora, por sua vez, cobra pelo número de servidores utilizados, pelo tráfego de dados, pelo tamanho do armazenamento escolhido ou pelo conjunto de todas essas soluções. O modo de contratação pay-per-use é bastante adotado em IaaS.

Plataforma como um serviço (PAAS)

Neste modelo de contratação a empresa adquire uma espécie de ambiente digital (plataforma) para desenvolver ambientes virtuais, utilizar softwares, hospedar arquivos, gerenciar sistemas operacionais e armazenar dados. Este modelo é mais voltado para empresas que querem ir além da simples infraestrutura na nuvem.

Software como um serviço (SAAS)

Neste sistema a nuvem é utilizada como local de instalação de aplicativos e softwares. Desta forma, as empresas não precisam comprar a licença de softwares caros ou adquirir computadores otimizados para rodar a aplicação. Essa despesa fica por conta do fornecedor, e a empresa paga apenas pelos serviços que utiliza. Em relação ao armazenamento, no modelo SaaS as empresas ainda podem adquirir aplicativos de storage (como o Google Drive ou o Dropbox) para guardar seus arquivos e documentos.

Armazenamento de dados

Serviços de armazenamento de dados em nuvem possuem métodos de contratação mais simplificados. Além de mais flexíveis, eles diminuem as chances de surpresas no final do mês, uma vez que a empresa só paga por aquilo que utiliza. Algumas das principais vantagens do uso de armazenamento de dados em nuvem são a criptografia, a possibilidade de acesso aos dados em qualquer lugar com uma conexão à internet e a possibilidade de alterar a capacidade de armazenamento em apenas alguns cliques conforme as necessidades sazonais.

 

O tipo ideal de Cloud Computing varia muito de empresa para empresa, já que cada uma possui suas particularidades e demandas, por isso é importante fazer um estudo bem completo antes de contratar qualquer serviço de computação em nuvem!

A SoftwareONE é especialista em Cloud Computing.

Garanta o armazenamento e a segurança do seu banco de dados com serviços de nuvem.

Acesse Aqui
  • Gestão de custos de nuvem
  • Nuvem, Migração, Datacenter, Nuvem

Comente esse artigo

Deixe seu comentário para sabermos o que você achou desse assunto.

Deixe um comentário

Artigos relacionados

Going the Distance with FinOps

Você está Preparado para Ir Longe com o FinOps?

Uma estratégia de FinOps madura leva muito tempo e conhecimento para ser desenvolvida. Eis como superar três bloqueios comuns ao criar uma estratégia de FinOps.

Getting Started with FinOps: Why Cloud Security is Your Step Zero | SoftwareONE Blog
  • 31 maio 2021
  • Bala Sethunathan
  • FinOps, Segurança Gerenciada, Nuvem Gerenciada, Gestão de custos de nuvem, cloud-security
  • PyraCloud

Começando com FinOps: Por Que a Segurança em Nuvem é Seu Passo Zero

Quer você esteja procurando controlar os custos decorrentes de cargas de trabalho em nuvem, fraude ou violações de dados, a segurança em nuvem é o importante passo zero antes de começar com o FinOps. Saiba mais.

Connecting Cloud Cost Optimization & FinOps | SoftwareONE Blog

Conectando Otimização de Custos de Nuvem e FinOps

O FinOps e a Otimização de Custos da Nuvem proporcionam uma gama de benefícios para o ajudar a otimizar o seu controle sobre os gastos da nuvem. Leia isto para saber como começar.